DE UMA PREOCUPAÇÃO SOCIAL NASCE UMA EMPRESA.


 

Com o objetivo de criar uma empresa geradora de emprego e por conseqüência de renda para uma parcela jovem de sua população com poucas opções de trabalho na cidade, um grupo de 25 empresários e profissionais liberais, juntando seus recursos, criaram em 01/10/1997 a FENIX FOMENTO COMERCIAL em Andradas-MG, para formar o capital necessário para esta empreitada.

 

A Fiori Cerâmica Artística era uma empresa voltada para a produção de louças de forno e mesa, fundada em 1978 em Andradas-MG, que havia atingido o seu ápice no final da década de 80, vendendo a maior parte de sua produção ao mercado externo. Em função do Plano Collor que abriu o mercado aos produtos externos e principalmente a valorização do Real frente ao Dólar após 1994, a empresa viu reduzir-se drasticamente tanto seu mercado interno como suas exportações, chegando ao final dos anos 90, em uma situação muito difícil assim como a maioria das empresas exportadoras do Brasil, o que a obrigava a violenta redução de custos, estando os seus 150 funcionários ameaçados de demissão, acarretando um clima de expectativa e apreensão em muitas famílias da cidade.

 

No início do ano 2000, diante desta situação, os sócios da Fênix resolveram direcionar os seus investimentos para a Fiori, transformando a até então fabricante de louças de mesa na Fiori - Louça Sanitária, aproveitando a especialização dos seus funcionários no ramo cerâmico. Grandes investimentos foram feitos, tanto no aumento da área de produção como na troca dos principais equipamentos. Somente o moderníssimo forno para 1300Cº, fabricado no Brasil com tecnologia italiana demandou investimentos 1,5 milhão de dólares.

 

Com equipamentos de última geração, uma equipe treinada e motivada e após exaustivo processo de análise e escolha das melhores matérias primas, em março de 2001 deu-se início a produção de uma louça sanitária de imediato reconhecida pelo mercado como de alta qualidade e por estar dentro das normas mais exigentes foi rapidamente aprovada para fazer parte do PBQP - H (Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade no Habitat), atingindo no final daquele ano 22 mil peças produzidas no mês.

 

 

www.elitevisual.com.br